Montreal Clube de Hospedagem

Esqueceu sua Senha?

Desbloquear Usuário

Não possui conta?

Montreal Clube de Hospedagem
Montreal Clube de Hospedagem
Montreal Clube de HospedagemMontreal Clube de Hospedagem
Forgot password?

João Pessoa

UMA CIDADE QUE ATRAI PELO BELO LITORAL E CONSERVADO ACERVO HISTÓRICO – ARQUITETÔNICOj-p-1Quem visita João Pessoa, na Paraíba, costuma ficar encantado com a combinação de belas praias, ruas arborizadas, população hospitaleira e um acervo histórico-arquitetônico bem conservado. E não é à toa. Jampa, como é carinhosamente conhecida, é a terceira capital mais antiga do país. Fundada em 05 de agosto de 1585, foi primeiramente batizada como Filipéia de Nossa Senhora das Neves (uma exaltação ao Rei Filipe II da Espanha, durante o período em que a Coroa Portuguesa foi incorporada à Coroa Espanhola). De lá para cá, já foi chamada de Fredrikstad (Cidade de Frederico), em 1634, por causa do príncipe de Orange, Frederico Henrique de Nassau, na época da ocupação holandesa no Nordeste; e Parahyba, em 1654, após a expulsão dos holandeses do Brasil. A atual denominação é uma homenagem ao então presidente do Estado da Paraíba, João Pessoa de Albuquerque, assassinado em 1930, no Recife – fato que serviu de estopim para a Revolução de 30.A melhor época para ir à Paraíba é entre setembro e março. A partir de dezembro, a água quente do mar ganha incríveis tonalidades de verde e azul. As praias urbanas como Tambaú, Manaíra e Cabo Branco, além de limpas, oferecem toda infraestrutura para os turistas. Se estiver de carro, aproveite para passear pelo litoral sul, na direção de Pernambuco. As paisagens são mais rústicas e apresentam cenários maravilhosos, como Carapibus, Tabatinga, Coqueirinho e Tambaba - o mais famoso endereço naturista do país – distante apenas 33 km da capital. Se o seu negócio é surfar, inverta o destino e vá para o norte, para Barra de Camaratuba, a aproximadamente 110 km de João Pessoa.  Viajando com as crianças? Inclua no roteiro as piscinas naturais de Picãozinho, repletas de peixes coloridos, localizadas a menos de dois quilômetros da costa, na praia de Tambaú. O tour dura cerca de quatro horas.  Mas atenção! As piscinas só se formam durante as luas cheia e nova.j-p-2Em terra, explore a praia do Seixas, que além de linda, ostenta a Ponta do Seixas, marco reconhecido como a parte mais oriental das Américas. Ou seja, é aqui que o sol nasce primeiro no Brasil. Por isso, a capital paraibana também é denominada de Porta do Sol. Reserve ainda uma parte do dia para o Centro Cultural São Francisco, o mais importante conjunto de arte barroca do estado; o Forte de Santa Catarina do Cabedelo e a Praça Antenor Navarro, pontilhada de pequenos prédios em estilo art decó. João Pessoa também tem modernidade, como a Estação Cabo Branco Ciência Cultura e Artes projetada por Oscar Niemeyer. Para finalizar, não perca o show de Jurandy do Sax, na praia fluvial do Jacaré, que toca o bolero de Ravel enquanto o sol se põe. O espetáculo acontece há mais de 15 anos, sempre às 16h30.A gastronomia da região também impressiona. Além dos frutos do mar, as receitas do sertão, à base de carne-de-sol e de bode, arroz de leite, feijão-de-corda, macaxeira e manteiga de garrafa, são deliciosas. Entre as opções de restaurantes, Mangai, Nau, Tasca da Esquina, Bar Buchadas, Tábua de Carne e Quintal Restô – que só atende sob reserva. Com tantas atrações, difícil mesmo é programar o tempo para desfrutar tudo o que a capital paraibana oferece.  Dica: Prepare-se para acordar cedo. Em Jampa, o sol nasce antes das 5h da manhã e o melhor lugar para assistir este fenômeno da natureza é o Farol do Cabo Branco, um dos cartões postais da cidade. Construído no topo de uma falésia, proporciona uma vista incrível do Oceano Atlântico. O pôr do sol na cidade acontece às 17h durante o ano, e às 17h30 no alto verão.